Apresentações/Novidades

Suzuki revela ‘SUV’ Across

Com comercialização marcada para o outono deste ano, o Across não é mais um ‘SUV’. É um modelo da Suzuki ‘nascido’ de uma parceria com a Toyota.

Também se trata de uma ‘premiére’ para a marca, uma vez que é o seu primeiro modelo dotado de um sustema ‘plug-in hybrid’, sendo visíveis outras características, nomeadamente uma estética muito semelhante à da mais recente geração Rav4.

O Across utiliza dois motores elétricos

De facto a estética é marcada pela profusão de ângulos, visíveis em toda a carroçaria, muito característica dos mais recentes modelos da Toyota, mas que até agora não eram o caminho linguístico seguido pela Suzuki.

Uma grelha inferior de grandes dimensões domina a secção dianteira do Across, cujas óticas parecem esculpidas nos cantos da mesma, definidas por uma reduzida grelha principal. O mesmo sucede com os cantos onde se inserem os faróis espalhadadores.

São evidentes as semelhanças com o Rav4 da Toyota

A linha de cintura é também angulosa e segue até aos pilares traseiros, num traço estilístico que também é seguido nas proteções das cavas das rodas, que não seguem o habitual desenho circular.

Transparecendo a tecnologia a bordo, o novo Suzuki Across está dotado de óticas LED, com projetor bi-LED – que combinam as luzes de médios e máximos –, bem como LED DRL. Um equipamento enriquecido que também contempla jantes em liga leve de 19 polegadas e itens de conectividade percetíveis assim que se entra no habitáculo.

Este novo ‘SUV’ possui um sistema media que inclui ecrã tátil de 9 polegadas e é compatível com Apple CarPlay, Android Auto e MirrorLink, enquadrado por um painel de instrumentos concebido em materiais de qualidade, e cuja suavidade sobressai.

Conforto e qualidade são aspetos percetíveis no habitáculo

Bancos e panéis das portas são pensados em função do utilizador. Transmitem conforto e são funcionais, num habitáculo que se destaca ainda pelo espaço, sobretudo entre os bancos dianteiros e traseiros, que rebatidos podem fazer elevar a capacidade de carga da bagageira de 490 para 1604 litros.

Sob o capot do Suzuki Across ‘mora’ um motor 2.5 a gasolina com 182 cv de potência, que é ajudado por pois motores elétricos. Um deles está situado no eixo dianteiro e é alimentado por uma bateria de iões de lítio de 18,1 kWh, colocada na parte inferior do veículo e permute uma autonomia até 74 km.

O outro elétrico de 40 Kw (54 cv) está colocado no eixo traseiro, destinando-se a alimentar o sistema de tração integral E-Four, ao mesmo tempo que mantém uma boa eficiência de consumo de combustível. É, sem dúvida, uma das características mais interessantes deste novo SUV da Suzuki.

Atua em combinação com o eixo dianteiro para variar a repartição de binário entre os dois eixos, permitindo, nomeadamente, uma melhor estabilidade durante a saída de terrenos escorregadios, bem como uma condução mais segura.

E por falar em condução. O Across vem dotado de um sistema que possui quatro possibilidades – EV, Auto EV/HV e HV. O modo carregador de bateria permite selecionar o seu modo de condução em função das condições existentes na via e do estado da bateria.

0Shares

Em destaque

Subir