Apresentações/Novidades

SUV da Mazda ‘alimentam’ crescimento da marca na Europa

MazdaSUVcrescimento1

Os SUV da Mazda foram os responsáveis pelo crescimento das vendas da marca na Europa no segundo trimestre deste ano. Os modelos CX-3 e CX-5 estão à cabeça das vendas, com o ‘roadster MX-5 a mostrar a sua pujança nas tabelas.

Entre Abril e Junho a Mazda comercializou um total de 60.571 veículos, registando um crescimento de 25% face aos mesmos três meses de 2015.

Com os números alcançados a marca japonesa conseguiu o seu 15.º trimestre consecutivo de ganhos na Europa, ultrapassando uma indústria que se expandiu apenas 9,5%, ao mesmo tempo que fez subir a sua quota de mercado para 1,4%, dos 1,2% registados durante o mesmo trimestre do ano passado.

A Mazda superou o sector automóvel por margens significativas na maioria dos países onde opera, evolução que apresenta Portugal como líder do processo (+163%, face a há um ano), seguindo-se a Suécia (+73%), Bélgica (+71%), Itália (+67%), França (+64%), Dinamarca (+53%), Finlândia (+49%) e Polónia (+39%).

O construtor de Hiroshima registou aumentos nos volumes de vendas de 17% e 4%, respectivamente, na Alemanha e Reino Unido, os seus dois maiores mercados nacionais, alcançando uma evolução de 30% em Espanha, batendo os números da indústria em todos os três.

Os populares SUVs da Mazda compõem quase metade (46%) do volume de unidades vendidas neste segundo trimestre, com o citadino Mazda CX-3 a ver-se catapultado para a liderança de vendas da Mazda na Europa, seguido de perto pelo SUV de maiores dimensões, o Mazda CX-5, modelo que tradicionalmente também regista fortes vendas.

Entretanto, os volumes do Mazda MX-5 também explodiram na Primavera, nomeadamente depois desta quarta geração do lendário roadster desportivo ter conquistado os títulos de “Carro Mundial do Ano” e de “Design de Carro Mundial do Ano”. As suas vendas multiplicaram por sete os registos que a geração anterior havia alcançado durante os mesmos três meses de 2015.

MazdaCrescimento1

Mais partilhadas da semana

Subir