Insólito

Suspeito sentou-se junto ao corpo da vítima e foi preso (Nova Iguaçu)

Crime em Nova Iguaçu intriga Polícia Civil, no Rio de Janeiro. O criminoso disparou, matou a vítima e sentou-se ao lado do corpo. Foi detido em flagrante delito, mas a arma não continua por encontrar.

A Polícia Militar do 20.º batalhão foi alertada para a ocorrência: disparos na Rua Carlos Acioli, em Nova Iguaçu. Foram ao local e verificaram que havia vítimas. No entanto, o insólito não foi o crime, mas o facto de o criminoso ter optado por se sentar ao lado do corpo da vítima, em vez de fugir.

E foi nessas circunstâncias que a polícia encontrou o suspeito, no bairro Vila Valverde: estranhamente calmo, junto à vítima que acabara de matar, sem reação.

Apesar de terem encontrado o criminoso, a Polícia Militar não conseguiu encontrar a arma do crime, que não estava no local. As autoridades investigam este estranho caso de um homem que mata, não foge, mas esconde a arma.

Mais partilhadas da semana

Subir