Nas Notícias

Surto de sarampo: Há 21 casos confirmados

Já foram confirmados 21 casos de sarampo na região norte, num surto com ‘epicentro’ no Hospital de Santo António, no Porto, adiantou a Direção-Geral de Saúde (DGS).

Na atualização do boletim epidemiológico, a diretora-geral, Graça Freitas, reconheceu que os 21 casos confirmados estão ligados à unidade de saúde portuense, na qual foram registados os dois primeiros casos.

Na origem do surto esteve um homem de 27 anos que não estava vacinado. Este paciente terá contraído a doença em França e contagiado um profissional de saúde do Hospital de Santo António, de 43 anos, numa outra unidade de saúde.

Referindo-se aos primeiros sete casos identificados, Graça Freitas acrescentou que três ficaram internados, estando um deles “em situação instável”.

A DGS adiantou que não há registo de utentes do Hospital de Santo António com sintomas de sarampo, com Graça Freitas a lembrar que tal deve acontecer em breve, pois o período de incubação é de quatro dias.

“Caso tenha sintomas ou suspeitas de sarampo, não deverá dirigir-se às Urgências, porque pode provocar o contágio no hospital. Deverá contactar a Linha Saúde 24 (808 24 24 24) ou o médico de família, e verificar se está vacinado”, insistiu a diretora-geral da Saúde.

A responsável assegurou que “o dispositivo de saúde pública está alerta” para evitar a propagação de uma doença altamente contagiosa.

“O Serviço Nacional de Saúde está atento para vacinar ou isolar os casos que disso necessitem”, reforçou Graça Freitas.

0Shares

Em destaque

Subir