Europa

Sueca evita deportação de um afegão com vídeo em direto no Facebook

Jovem sueca fez um vídeo em direto no Facebook, para impedir que um homem fosse deportado para o Afeganistão, onde iria morrer. “Farei o que for preciso para salvar uma vida”, disse Elin Ersson, num vídeo que conquistou o mundo. Veja as imagens.

Um homem ia ser deportado para o Afeganistão, num voo que iria partir de Gotemburgo, na Suécia, para a Turquia.

Uma jovem estudante e ativista tentou travar essa deportação, comprando um bilhete nesse mesmo voo e fazendo um vídeo em direto, transmitido nas redes sociais.

Elin Ersson, de 21 anos, recusa-se a sentar-se no avião e diz que só o fará quando aquele homem abandonasse o aparelho.

“Não me vou sentar até que aquele homem saia deste avião, porque, provavelmente, ele será assassinado, se permanecer no avião”, diz a estudante.

“Farei o que for preciso para salvar uma vida”.

“Se uma pessoa permanecer de pé, se outras pessoas fizerem o mesmo, o piloto não poderá levantar voo. Só quero travar esta deportação, que é ilegal”, diz.

A jovem foi atacada por outros passageiros, que acusaram a ativista de “assustar diversas crianças”, que estavam no avião.

Apesar de tudo, o esforço da sueca valeu a pena e a deportação foi travada.

Em 2017, 415 afegãos foram deportados pela Suécia e “enviados para o inferno”, o que motivou ações de protesto como esta.

As imagens tornaram-se virais.

Veja o vídeo:


4Shares

Mais partilhadas da semana

Subir