Desporto

Sporting: Carlos Vieira oficializa candidatura

Carlos Vieira é mesmo candidato à presidência do Sporting. Nas eleições de 8 de outubro, vai ter como adversário, entre outros, Bruno de Carvalho, de quem foi o ‘número dois’ na direção destituída a 23 de junho.

É o segundo dirigente suspenso a avançar, depois do citado Bruno de Carvalho ter oficializado ontem a candidatura.

Mesmo suspenso, Carlos Vieira acredita que não será impedido de ir a votos.

Porém, “se tal acontecer, há mecanismos judiciais, sei que há formas de conseguir ultrapassar isso”, realçou.

Ao entrar na corrida, o candidato (o sexto já confirmado) assumiu que terá de descolar da imagem de ter sido o número dois de Bruno de Carvalho.

“Vou-me dar a conhecer mais, ainda temos tempo, as pessoas vão perceber as diferenças, vão perceber os méritos de um grupo que trabalhou de forma afincada e coesa até ao fim”, comentou.

O momento serviu para uma alfinete ao ex-presidente: “Fui leal ao Sporting, citando um lema que anda aí”.

Carlos Vieira avança por “responsabilidade para com o Sporting”, porque “não há aqui lealdades individuais”.

Liderando um movimento que inclui mais elementos da direção anterior, o candidato frisou que “não houve nenhuma gota de água” a justificar o ‘divórcio’ com os outros elementos que ainda acompanham Bruno de Carvalho.

“Houve uma discussão interna e entendemos que tínhamos legitimidade para fazer um projeto com coisas magníficas, tentando melhorar as coisas menos boas que aconteceram”, explicou.

Mais partilhadas da semana

Subir