Nas Notícias

Sousa Tavares fala em “total incompetência da Proteção Civil”

Miguel Sousa Tavares esteve na antena da SIC, na noite desta segunda-feira, para comentar as medidas apresentadas pelo Governo para o combate aos incêndios no país. O comentador questionou o atraso com que estas medidas estão a ser postas em prática e falou em “desleixo” e “total incompetência da Proteção Civil”.

O escritor sublinhou que as novas medidas são “acertadas”, mas levantou duas questões: “Se [as medidas] são suficientes e por que é que muitas delas não foram já executadas?”.

“Por desleixo”, respondeu.

Sousa Tavares questionou ainda porque é que as Forças Armadas não estiveram lá entre Pedrógão e a 15 de outubro, apontado culpas à Proteção Civil.

“Desleixo, falta de previsão, total incompetência da Proteção Civil”, sublinhou.

A atribuição de mais funções e missões às Forças Armadas é do agrado do comentador que, de forma categórica, comentou as queixas destas mesmas forças.

“Fica mal às Forças Armadas que a primeira coisa que digam é que não há meios, que precisam de mais dinheiro. O momento não é para egoísmo, é para pensar em termos nacionais e as Forças Armadas têm de o fazer”, vincou Sousa Tavares.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir