Desporto

Sousa Cintra pede a Bruno para “deixar o Sporting em paz”

Em entrevista à CMTV, Sousa Cintra fez um apelo direto a Bruno de Carvalho, pedindo-lhe para “tratar o Sporting com respeito e com amizade” e para “deixar o clube em paz”.

O dia marcante em Alvalade, com Bruno de Carvalho a reclamar a presidência ao início da tarde, terminou com Sousa Cintra, atual presidente da SAD leonina, a apelar para que este “deixe o clube em paz” e que o trate “com respeito e amizade”.

Em entrevista à CMTV, na mesma altura em que Bruno de Carvalho falava, em conferência de imprensa, Sousa Cintra comentou os incidentes.

“É tão absurdo, que já ninguém acredita neste comportamento. Veio desestabilizar tudo, deixar dúvidas no ar. Não estou a ver outra intenção que não desestabilizar o Sporting. É um comportamento reprovável. Como é possível um sportinguista fazer isto? Tudo aquilo para quê? Não tem sentido. Este espectáculo é lamentável e repudio veementemente”, referiu.

A terminar a entrevista, onde revelou que vai apoiar qualquer que seja o vencedor das eleições de 8 de setembro, Sousa Cintra lançou um apelo direto a Bruno de Carvalho.

“Peço-lhe que termine. Só está a fazer mal ao Sporting. Não é assim que se defende o Sporting. Que deixe o Sporting em paz, que deixe seguir o seu caminho, que deixe quem lá está fazer o seu trabalho”, apelou.

Recorde-se que a Comissão de Gestão do Sporting considerou que a alegada providência cautelar de Bruno de Carvalho “era mentira”, e que este chegou a Alvalade “com uma mão cheia de nada”.

Mais partilhadas da semana

Subir