Nacional

“Sou um homem de perdões. Não esqueço, mas perdoo”, diz Carlos Cruz

Em entrevista a Fátima Lopes, na TVI, Carlos Cruz confessou que vê o regresso à televisão “como uma impossibilidade”, mas que não hesitava caso recebesse um convite. Sobre o caso Casa Pia, do qual foi condenado, diz continuar a desejar que “a verdade seja provada”.

Carlos Cruz foi o convidado deste sábado de Fátima Lopes, no programa ‘Conta-me como És’, na TVI.

O comunicador concedeu uma entrevista emotiva, onde ouviu depoimentos deixado pelas ex-mulheres, filhas, netas e amigos.

“Vejo o meu regresso à televisão como uma impossibilidade. O mercado de trabalho quer gente nova e este peso que tenho em cima de mim inibe as pessoas de me convidar. As pessoas têm medo das reações. É preciso coragem”, admitiu.

Ao peso, Carlos Cruz atribui o terramoto vivido em 2003, quando foi detido por abuso sexual de menores.

“Sabes quando há um terramoto e não se consegue fazer nada? Senti uma grande revolta, mais pela incapacidade de convencer as pessoas da verdade”, explicou.

Carlos diz ter sido vítima de várias injustiças, mas sublinhou o estado de alma que atingiu durante o processo.

“Não tenho rancores, não tenho ódios. Custou-me a chegar a este estado. Analiso-me muito e gosto muito de mim. É a primeira condição para estarmos bem com os outros. Estou muito calmo, muito sereno. Atravesso a vida à bolina, ao sabor do vento. Não há nada que me irrite, nem as pessoas”, admitiu.

Após o processo, que atravessou com o apoio de Raquel, “uma mulher fantástica”, Carlos Cruz superou dois cancros, o último dos quais no ano passado.

“As pessoas acham que eu seja muito frio perante a doença. Aceite a situação. Quando as coisas são inevitáveis, não podemos fazer nada. Só não aceito aquilo que não é justo”.

Por fim, o antigo apresentador explicou que vai pedir a revisão do processo para “provar a verdade”, ainda que já tinha cumprido a sua pena.

“Sou um homem de perdões. Não esqueço, mas perdoo”, rematou.

Recentemente, Carlos Cruz tem sido ‘objeto’ de várias publicações nas redes sociais por parte da filha.

Recorde.



Mais partilhadas da semana

Subir