Desporto

“Sou mais conhecido que o Ronaldo”, garante Jesus

Jorge Jesus, que irá escrever um livro quando a ‘aventura’ na Arábia Saudita terminar, não tem dúvidas de que a carreira que tem tido nos últimos anos o colocou num patamar mediático que já ultrapassa o de Cristiano Ronaldo.

Confiante no seu trabalho, Jorge Jesus, que admitiu que o ordenado foi aumentado pelos árabes após algumas notícias sobre um alegado interesse do Benfica na sua contratação, garante que não é qualquer ‘grande’ europeu que o consegue contratar.

“Eles não têm dinheiro para me pagar”, avisa o treinador, que considera estar já num patamar de mediatismo superior a Ronaldo.

“Hoje sou mais conhecido do que o Ronaldo”, disse em declarações citadas pelo Record, ciente de que ao rumar à Liga da Arábia Saudita as coisas mudaram.

“Perdi prestígio na Europa. Nem o Real Madrid, nem o Barcelona ou outra grande equipa vê, buscar o Jorge Jesus que está na Arábia Saudita”.

Quanto a valores de ordenado, Jorge Jesus deixa algumas considerações no ar.

“Se eu for para a Europa, têm de me pagar o dobro que me pagam aqui para eu receber o mesmo. Falando abertamente – hoje ganho 8 milhões de euros limpos, se for para a Europa têm de me pagar 16 milhões. Quem paga isso?”.

A cumprir os primeiros meses como treinador na Arábia Saudita, Jorge Jesus orienta o Al-Hilal mas promete regressar ao futebol nacional, ainda não sabendo, porém, para que clube.

“Para onde? Não sei. Quando volto a Portugal? Não sei. Agora que tenho isso como objetivo da minha carreira, tenho.”

Quanto ao futebol nas competições europeias, duas vezes finalista pelo Benfica na Liga Europa, Jesus ‘puxa dos galões’.

“Em Portugal muita gente nem diz o que sabe, nem sabe o que diz. Hoje em dia, o futebol é muito fácil de ser falado, mas muito difícil de ser jogado e treinado.”

Mais partilhadas da semana

Subir