Insólito

Soldados de elite alemães têm o seio esquerdo ‘de mulher’ e recorrem a apoio psicológico

Nesta força de elite alemã, os contínuos treinos com armas estão a provocar um efeito secundário indesejado em ambientes de caserna. Devido aos impactos no lado esquerdo, o seio ganhou uma saliência, ficando semelhante ao de uma mulher: isto acontece com mais de 75 por cento dos soldados masculinos.

“Há uma ligação muito significativa entre a atividade militar do batalhão e o desenvolvimento do seio do lado esquerdo. Eles precisam de mudar o modo como fazem exercícios. Estão constantemente a bater com as armas no lado esquerdo do peito e isso é determinante”, justificou o médico Bjorn Krapohl, citado pelo German Herald.

Esta condição, com o nome técnico de ginecomastia unilateral, tem levado a maioria dos soldados a recorrer ao apoio psicológico. Uma fonte militar, não identificada pelo jornal, acrescenta que os homens do Wachbataillon “estão a ser supervisionados por médicos” e recebem acompanhamento individual.

Páginas: 1 2

Mais partilhadas da semana

Subir