Economia

Site português permite rentabilizar talentos e passatempos

A plataforma portuguesa EzyCities permite ao utilizador criar um evento num local à escolha em apenas três passos. A startup já conquistou o Porto e avança até ao fim do ano para Lisboa, Coimbra, Faro e Funchal.

O lançamento na Holanda está marcado para este verão.

A startup EzyCities, incubada no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, permite ao utilizador experienciar algo novo da forma mais descontraída e pessoal possível. A ideia principal é, por exemplo, um apaixonado por comida poder organizar um workshop pago de culinária na sua casa.

A plataforma – apoiada pelo Vodafone Power Lab –  conseguiu mais de 1000 registos na primeira semana de existência, mas quer continuar a alargar a rede de anfitriões em áreas como a fotografia, artes, comida, bebida, música, artesanato ou desporto.

“Eu sempre gostei de aprender coisas novas e acima de tudo sempre gostei de partilhar com os meus amigos aquelas coisas ‘cool’ que fui aprendendo. O problema é que quando precisei de fazer um dinheiro extra nunca tive onde rentabilizar os meus talentos. A EzyCities surgiu precisamente da necessidade que eu e alguns amigos tínhamos de fazer um dinheiro extra com aquelas coisas em que somos bons”, explica Hugo Félix, CEO da startup portuense.

A EzyCities já foi finalista em vários programas nacionais de aceleração de ideias, como o BIG Smart Cities e o Discoveries, e ainda no programa internacional Connectivity Accelerator.

Através do site oficial, o utilizador pode não só criar um evento, mas também inscrever-se nos eventos organizados por outras pessoas.

Mais partilhadas da semana

Subir