Motores

Simon Pagenaud superior na IndyCar em Toronto

Simon Pagenaud dominou por completo o Grande Prémio de Totonto, regressando aos triunfos depois da sua vitória nas 500 Milhas de Indianápolis.

O francês da Penske nunca foi verdadeiramente desafiado, apesar da pressão exercida por Scott Dixon na fase final da corrida.

Desde a largada que Pagenaud se afastou de toda a concorrência, sendo uma boa estratégia permitiu depois ao neozelandês da Chip Ganassi Racing aproximar-se nas últimas voltas, mas sem ameaçar verdadeiramente a liderança do piloto de Poitiers.

Atrás dos dois primeiros emergiu um Alexander Rossi muito forte na parte final da prova, depois de uma fase inicial muito confusa, onde a sua equipa, Andretti Autosport, viu dois dos seus pilotos – Michael Andretti e Ryan Hunter-Reay – envolverem-se num incidente, que também teve ‘vítimas’ colaterais em Will Power e Graham Rahal.

Quem evitou envolver-se em confusões Josef Newgarden, que se manteve na corrida ao título ao terminar na quarta posição, à frente de Félix Rosenqvist, que com o seu quinto posto completou um bom resultado de conjunto para a Chip Ganassi Racing.

Apesar de se envolver em vários toques James Hinchcliffe foi o melhor representante da ‘casa’. O canadiano concluiu a prova no sexto posto, à frente de Colton Herta, que foi mais uma vez o melhor estreante.

Destaque ainda para a presença de Robert Wickens, que sofreu diversas fraturas num acidente há um ano e que no seu processo de recuperação ortopédica tripulou um Honda Acura NSX com comandos no volante antes da prova se iniciar.

Os melhores momentos da corrida no resumo abaixo.

Mais partilhadas da semana

Subir