Desporto

Silas promete jogar para ganhar e criar dificuldades ao Sporting

O treinador do Belenenses, Silas, disse hoje que a sua equipa vai procurar vencer o Sporting e que a sua principal preocupação será como atacar a baliza ‘leonina’ nesta 32.ª jornada da I Liga de futebol.

“Espero um jogo similar ao da primeira volta, com ocasiões de parte a parte. Queremos ganhar, apesar de virmos de resultados menos positivos, proporcionar um bom espetáculo e ser competitivos. Vamos seguramente jogar para ganhar e criar muitas dificuldades ao Sporting”, disse Silas na antevisão do jogo da 32.ª jornada do campeonato.

Apesar do foco no ataque, o treinador dos ‘azuis’ admitiu que o Belenenses vai ter também cuidado com o poderio ofensivo dos ‘leões’, sobretudo nos lances de contra-ataque.

“Vamos ter de ter cautelas, sobretudo no contra-ataque, onde o Sporting também é forte. Não podemos perder bolas fáceis, porque é aí que temos claudicado. Temos jogado bem, mas temos de corrigir alguns aspetos”, frisou o técnico, adiantando que até final do campeonato o objetivo é “tentar ganhar os três jogos e não sofrer qualquer golo”.

Esta semana ficou a saber-se que o Belenenses não se inscreveu para as competições europeias, pelo que, mesmo que consiga subir na tabela, não poderá jogar na Liga Europa na próxima época. Silas desvalorizou esse facto e garantiu que não desmotiva os jogadores.

“Jogamos por orgulho próprio, não só por objetivos coletivos. Os jogadores gostam de ganhar, ainda mais a equipas grandes. Este jogo não precisa de muita motivação, e se pudermos ficar em sétimo não vamos querer ficar em oitavo. Vamos desfrutar do jogo e depois logo vamos ver se ganhamos ou perdemos”, rematou.

Do lado do Sporting, Silas admitiu que Bruno Fernandes é o jogador mais perigoso, “o melhor da liga”, mas realçou que não vai ter preocupações especiais com o médio ‘leonino’.

“O Bruno é o melhor jogador da liga e, se ele decidir aparecer, só há uma coisa a fazer, que é rezar”, afirmou Silas, que comparou o médio do Sporting com Messi na capacidade que tem de “sacar um coelho da cartola” a qualquer momento.

Quanto à frente de ataque da equipa de Marcel Keizer, Silas admitiu que preferia que Bas Dost fosse o eleito do treinador holandês, em detrimento de Luiz Phellype, “por permitir jogar com a linha da defesa mais subida, mantendo a equipa longe da área”.

À margem do jogo da liga, Silas deixou “um abraço a Casillas”, que considerou um “ídolo” e a quem desejou “que possa voltar a fazer a sua vida normalmente”, depois do enfarte de miocárdio que o guarda-redes espanhol sofreu na quarta-feira, no treino do FC Porto

Silas deu ainda os parabéns ao futsal do Sporting e à equipa de sub-19 do FC Porto pelos títulos europeus conquistados na última semana.

O Belenenses, oitavo classificado da I Liga, com 40 pontos, recebe no domingo, a partir das 17:30, no Estádio Nacional, o Sporting, terceiro classificado, com 70 pontos.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir