Desporto

Sérgio Conceição: “Não fui feliz no exemplo que dei”

A conferência de Sérgio Conceição tinha terminado, os jornalistas já se preparavam para deixar a sala quando o técnico portista pediu para fazer uma declaração, voltou a sentar-se e pediu desculpa a Rui Vitória. “Não fui feliz no exemplo que dei sobre um colega de profissão”, disse. Veja o vídeo.

“Ninguém me perguntou e até estou admirado com vocês”, disse Sérgio Conceição, sobre “aquilo que tem sido uma polémica enorme e que tem havido sobre as palavras” que prestou no final do jogo com o Vitória de Guimarães.

“Queria dizer que nunca foi minha intenção ofender ninguém. Nunca ofendi ninguém. Sou frontal [pausa], falo de forma apaixonada e com muito sentimento mas não foi intenção minha ofender ninguém”, lamentou.

“O exemplo que dei, e vocês sabem qual é e não preciso estar aqui a repetir, foi um exemplo menos feliz, sem dúvida nenhuma. Lamento. Lamento profundamente. Não foi uma ofensa de forma nenhuma. Estava a referir-me à tal incoerência que tinha falado uns dias antes e não mais do que isso.”

O treinador do FC Porto revelou ainda que teve um momento menos feliz no exemplo dado.

“Não tentei chamar nada a ninguém. Sou uma pessoa, por normal, que fala de forma apaixonada, sou frontal e não tenho medo das palavras até um certo ponto. Não fui feliz sobre o exemplo que dei sobre um colega de profissão. “

Veja as declarações no vídeo:

Mais partilhadas da semana

Subir