Apple

Sequestro dos Macs: Apple também é vítima do vírus que exige resgate

KeRangerQuem tinha um Mac estava vacinado contra o ‘ransomware’, o vírus que encripta ficheiros que só são ‘libertados’ após o pagamento de um resgate. Mas agora os hackers também já conseguem infetar os computadores da Apple, aproveitando uma brecha aberta pelos… torrents.

No passado fim de semana, o KeRanger tornou-se no vírus que derrubou o mito: os Macs da Apple também podem ser infetados com ‘ramsonware’.

A ‘proeza’ só ocorreu porque os hackers conseguiram aceder ao computador através de um programa de torrents.

“Este é o primeiro [vírus] que é definitivamente funcional” nos computadores da Apple, adiantou Ryan Olson, da Palo Alto Networks, em declarações à Reuters.

O KeRanger encripta os ficheiros “e pede um resgate”, adiantou o mesmo especialista em segurança informática.

De acordo com o The Guardian, o ‘ransomware’ é uma das ameaças com maior crescimento e terá gerado pagamentos no valor de centenas de milhões de euros por ano.

A Apple, através de um porta-voz, revelou que a infeção foi detetada no passado dia 4 de março e durante o fim de semana foi corrigida uma vulnerabilidade num certificado digital, emitido a um programador autorizado pela própria empresa da maçã.

Através desse certificado, os Macs ‘autorizavam’ a instalação do software malicioso, acrescentou a Apple.

O KeRanger tem três dias de ‘incubação’, pelo que durante o dia de hoje podem surgir os primeiros pedidos de resgate para desencriptar os ficheiros sequestrados.

Mais partilhadas da semana

Subir