Desporto

“Semana complicada, parecia um filme de terror”, diz Jorge Jesus

Jorge Jesus surgiu na conferência de imprensa após a derrota no Jamor para fazer apenas uma curta declaração onde confessou que foi “uma semana muito complicada, que parecia uma filme de terror”.

O técnico do Sporting não permitiu que os jornalistas fizessem perguntas, limitando-se a fazer uma curta declaração sobre a semana que se viveu em Alvalade e o encontro deste domingo.

“Semana muito complicada, que parecia um filme de terror. Quero agradecer aos jogadores por terem alguma capacidade emocional para jogar. Lance do Bas Dost é o exemplo de como esta equipa estava. Tecnicamente não podes comentar este jogo, esse fator não conta, conta apenas o lado emocional. Isso foi fundamental para que a equipa não tivesse jogado como é capaz”, disse Jorge Jesus.

No final, o treinador leonino deu também os “parabéns ao vencedor, que não teve nada a ver com isto”.

Jorge Jesus foi um dos rostos do Sporting que, após o apito final, não conseguiu esconder a emoção.

No momento em que recebia a medalha, o técnico não controlou as lágrimas, tendo sido abraço de forma sentida por Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa.

2Shares

Em destaque

Subir