Nas Notícias

Segurança Social: 56 por cento dos desempregados sem subsídio há nove meses

desempregoMais de metade (465 mil) dos desempregados não recebe, há três trimestres, qualquer apoio do Estado. De acordo com o INE, trata-se do valor mais alto de sempre.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), são já 465 mil os desempregados sem direito ao subsídio de desemprego, o que corresponde a 56 por cento do número total de desempregados.

É cada vez mais difícil o acesso a esta prestação social, em virtude dos cortes nos apoios sociais para um número crescente de desempregados.

Estima-se que, para além deste valor, existam mais 90 mil pessoas que estão desempregadas, mas que não procuram emprego. E há ainda os 261 mil que têm subempregos: trabalham em horário parcial, mas procuram um emprego a tempo inteiro. Para efeitos estatísticos, o conceito de “desempregado” da União Europeia não contempla nenhum destes dois casos.

Em destaque

Subir