Motores

Segunda vitória consecutiva de Alexandre Camacho no Rali da Madeira

Alexandre Camacho e Pedro Calado venceram o Rali Vinho Madeira pela segunda vez consecutiva. Um triunfo natural depois da dupla madeirense ter dominado por completo a prova.

Com oito classificativas, este último dia do evento colocava um grande desafio para Alexandre Camacho, apesar de largar para a etapa com mais de 20 segundos de vantagem sobre Miguel Nunes. E tal como na véspera o piloto do Team Vespas só não foi o mais rápido numa especial, que ‘deixou’ para o seu principal adversário ganhar.

Nunes bem tentou uma aproximação a Camacho, mas o que sucedeu foi precisamente o contrário, com o piloto do Skoda preto a chegar a ter uma vantagem de 40 segundos, antes de sofrer um furo que fez a diferença diminuir ligeiramente.

Se Alexandre Camacho nunca teve a sua liderança verdadeiramente ameaçada, o segundo posto de Miguel Nunes também não foi minimamente ‘beliscado’, já que na terceira posição José Pedro Fontes foi perdendo gradualmente terreno para o piloto do Citroën DS3 R5 azul, terminando a mais de minuto e meio do segundo classificado.

Embora partisse para este último dia a menos de meio minuto de Fontes, Miguel Barbosa acabou por não materializar a aproximação ao piloto da Citroën Vodafone Team, já que não só não conseguiu ganhar terreno ao seu adversário como acabaria por sair de estrada e abandonar na penúltima classificativa (Ponta do Pargo 2).

O duro revés do piloto de Lisboa acabou por jogar em favor dos seus dois grandes rivais no campeonato, sobretudo Armindo Araújo, que partiu para este último dia na nona posição e que lograria ganhar duas posições, graças aos abandonos de Barbosa e também de Pedro Paixão, cujo Hyundai i20 R5 teve um princípio de incêndio na derradeira especial.

Também Ricardo Teodósio ganhou com a desistência de Miguel Barbosa, uma vez que viria a herdar a quinta posição. Um excelente resultado que o piloto algarvio adicionou à sua vitória no Rali de Castelo Branco.

Nono no final, Vasco Silva chamou a si o triunfo nos RC2N, enquanto nos duas rodas motrizes dos RC3 a vitória foi para Miguel Correia.

Classificação final

1º Alexandre Camacho/Pedro Calado (Skoda) 12h10m21,5s

2º Miguel Nunes/João Paulo (Citroën) + 39,1s

3º José Pedro Fontes/Paulo Babo (Citroën) + 2m10,1s

4º Rui Pinto/Ricardo Faria (Ford) + 3m23,6s

5º Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda) + 3m30,2s

6º João Barros/António Costa (Ford) + 3m53,5s

7 Armindo Araújo/Luís Ramalho (Hyundai) + 6m20,6s

8º Vasco Silva/Ricardo Ventura (Mitsubishi) + 8m00,4s

9º Joachim Wagemans/François Geerlandt (Peugeot) + 8m29,7s

10º Pedro Almeida/Nuno Almeida (Ford) + 8m53,4s

3Shares

Mais partilhadas da semana

Subir