Motociclismo

Saída de Johann Zarco da KTM pode ‘abrir a porta’ a Miguel Oliveira

Apesar de Miguel Oliveira ter renovado contrato com a equipa Tech3 para a próxima temporada de MotoGP, a equipa oficial da KTM poderá estar interessada no piloto português depois de se saber que Johann Zarco deixará a marca austríaca no final desta época.

O francês tinha um contrato de dois anos com a KTM, mas agora a marca o fim da ligação após apenas uma época, ainda que não anuncie quem o irá substituir.

Esta novidade, um dia depois de Zarco ter terminado várias posições atrás de Miguel Oliveira na primeira corrida de MotoGP que o português concluiu no top dez (oitava posição), faz crescer os rumores de que o piloto de Almada pode ser o escolhido para o lugar.

Atualmente Johann Zarco marcou apenas 22 pontos, num contraste com os 61 pontos de Pol Espargaro, que ao cair na corrida de ontem na Áustria devido a um acidente com Cal Crutchlow na primeira volta. O que fez com que Miguel Oliveira acabasse como melhor representante da KTM no Red Bull Ring.

Stefan Pierer, CEO da marca austríaca, tem sido muito crítico de Zarco, e este anúncio apenas vem confirmar que a paciência da KTM com o gaulês se esgotou e que o piloto da RC16 # 5 não continuará na equipa oficial para 2020.

“Zarco tentou adaptar o seu estilo à KTM RC16 e a equipa tentou adptar a motor # 5 aos desejos do francês enquanto o seu companheiro de equipa, Pol Espargaro qualificou-se regularmente na Q2, entrando nas 10 primeiras posições da grelha de partida”, lê-se no comunicado da equipa.

A KTM diz que tanto a equipa como Johann Zarco “decidiram não prosseguirem o seu projeto conjunto para 2020 e vão focar-se agora em dar o máximo para as últimas restantes provas do MotoGP 2019”.

Sabe-se que a marca austríaca tentou convencer Dani Pedrosa, atual piloto de testes da KTM, para competir ao lado de Espargaro na próxima época, mas que o espanhol, antigo piloto da Honda, declinou o convite referindo que não está mais interessado em competir no MotoGP.

Miguel Oliveira não será o único piloto em vista pela marca austríaca, pois sabe-se que o australiano Jack Miller, atualmente a competir aos comandos de uma Ducati da equipa Pramac, também está no ‘radar’ da KTM.

Mais partilhadas da semana

Subir