Motores

Sebring com sabor agridoce para Filipe Albuquerque

A terceira posição nas 12 Horas de Sebring souberam a pouco para Filipe Albuquerque, que admitiu ter faltado um pouco de andamento à equipa do Cadillac DPi # 5 da Action Express Racing.

Fazendo tripla com João Barbosa e Brendon Hartley nesta segunda prova do IMSA Sportscar, o piloto de Coimbra tinha outras amições para além de um resultado que o dizesse esquecer os problemas que a equipa teve nas 24 Horas de Daytona.

Albuquerque admitiu um certo sentimento agridoce no final da prova, para a qual arrancou do quarto lugar da grelha de partida: “Quando se faz uma corrida perfeita, sem erros e sem percalços, espera-se a vitória. Mas infelizmente não fomos só nós a ter uma corrida perfeita e uma ligeira falta de andamento não nos permitiu suplantar os nossos adversários. Não estamos totalmente felizes, porque chegámos a Sebring a pensar que só a vitória interessava”.

“Temos de nos focar nos aspectos positivos. Pódio e um pódio e foram pontos muito importantes. Não nos contentamos só com isto e vamos à procura de mais. Somar vitórias está nos nossos horizontes já para a próxima corrida”, acrescenta o piloto de Coimbra que vai começar a pensar na próxima ronda do IMSA, que tem lugar no traçado urbano de Long Beach a 12 e 13 de Abril.

Mais partilhadas da semana

Subir