Benfica

Rui Vitória apela à responsabilidade para a estreia do Benfica na Taça

O treinador do Benfica, Rui Vitória, assegurou uma equipa ambiciosa e com respeito pelo Sertanense, do Campeonato Portugal, na antevisão do jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol, agendado para esta quinta-feira.

Em conferência de imprensa realizada no Estádio da Luz, o técnico dos ‘encarnados’ admitiu também que vai efetuar algumas alterações na formação e teceu elogios ao clube orientado por João Manuel Pinto, destacando a “grande motivação” e os “jogadores de qualidade” do adversário.

“Espera-se um Benfica ambicioso e que sabe muito bem o jogo que vai ter pela frente. Estas eliminatórias são sempre motivo de grande ambição em todas as equipas, sobretudo as dos campeonatos inferiores. É fundamental sermos uma equipa responsável, ambiciosa e humilde, o que nem é preciso dizer. Esta equipa do Sertanense tem jogadores de qualidade”, afirmou.

O eventual regresso à titularidade do avançado Jonas foi um dos temas abordados no discurso de Rui Vitória, mas o técnico evitou confirmar a sua escolha para o ‘onze’, garantindo apenas a presença do goleador brasileiro entre os convocados e a aposta numa equipa elegível para “qualquer circunstância competitiva”.

Paralelamente, o treinador do Benfica recordou o seu percurso no futebol português e nos escalões inferiores para sublinhar o conhecimento da mentalidade com que o Sertanense vai abordar esta eliminatória da Taça.

“Ultrapassei todas as etapas do futebol português. Tenho a perfeita noção do que é estar do outro lado. Estando aqui, sei muito bem o que pensa o treinador adversário e em que estado estão os jogadores do outro lado. É uma montra, são momentos destes que muitas vezes abrem os olhos para os jogadores. Estes jogos não se ganham a pensar que somos melhores”, disse.

Por fim, Rui Vitória relativizou a mudança da realização do encontro da Sertã para Coimbra e a consequente disputa em campo neutro, ao vincar que estas alterações têm sido habituais para todos os ‘grandes’ desde que a prova passou a contemplar a obrigatoriedade de jogar a terceira eliminatória na condição de visitante.

“Nos anos anteriores tem acontecido com todos os grandes. Não é caso virgem. Hoje o futebol é um espetáculo televisivo e tem de haver condições para que isso aconteça. Não podemos também estar a apresentar espetáculos que não sejam apetecíveis para o público. São decisões que já aconteceram noutros lados, é uma decisão da Federação Portuguesa de Futebol e nós jogamos em qualquer lado”, concluiu.

O desafio entre o Sertanense, do Campeonato Portugal, e o Benfica, da I Liga, a contar para a terceira eliminatória da Taça de Portugal, está marcado para esta quinta-feira, às 20:45, no Estádio Cidade de Coimbra.

Mais partilhadas da semana

Subir