Motores

Rui Ramalho selou o título em Murça

Rui Ramalho sagrou-se Bicampeão de Portugal de Montanha ao impor-se este domingo na Rampa Porca de Murça.

O piloto do Osella PA 2000 Evo 2 deixou bem claro desde sábado que estava na prova do Cami Motorsport para garantir o triunfo e dessa forma ‘selar’ o segundo título nacional consecutivo.

Fotos: FOTO GTI/Pedro Ferreira

Para se impor Ramalho precisou apenas de realizar a segunda subida de prova em 2m06,446s, prescindindo da derradeira, terminando com um acumulado de 4m15,483s. Isso bastou para se impor diante de Hélder Silva, que garantiu o segundo posto absoluto aos comandos do Juno CN09 fazendo o segundo melhor registo na segunda subida e o melhor na última subida.

No final o Campeão Nacional mostrava-se satisfeito com o triunfo e sobretudo com o segundo título de Montanha, que conseguiu a duas provas do final da época: “Um título que foi mais fácil do que o primeiro, mas que em muito fico a dever à minha equipa, a quem agradeço o trabalho realizado ao longo da época”.

O último lugar do pódio absoluto foi para José Correia, no Nissan NISMO GTR GT3 da JC Group, que não teve adversários ao nível dos GT. Depois de ter sido o quarto mais rápido na segunda subida de prova o piloto de Braga foi o terceiro mais rápido na derradeira subida, atrás de Nuno Guimarães, que no BRC CM02 acabou no terceiro posto dos protótipos e no quarto posto absoluto.

A fechar o top cinco absoluto, Joaquim Teixeira garantiu o triunfo nos Turismo e na categoria 3. O piloto do Seat Leon MKIII foi mais rápido do que Luís Nunes, que no Audi S3 LMS acabou por garantir o triunfo na categoria 4 dos Turismo, onde Manuel Correia e o Ford Fiesta R5 + foi terceiro, impondo-se na categoria 2 por mais de uma décima a Luís Silva, aos comando do Citroën DS3 R5.

Daniel Teixeira, no Volkswagen Golf Gti foi segundo dos Turismo 2, e Pedro Marques, no Seat Leon, foi segundo nos Turismo 4, enquanto Gabriela Correia ficou fora do top dez no Seat Leon MKIII mas fechou o pódio dos Turismo 3. Nos Turismo 1 Pedro Coelho Saraiva acabou por fazer valer a tração integral do seu Mitsubishi Lancer Evo IX para se impor diante de Parcídio Summavielle. Já na categoria até 1300 cc o melhor foi Leonel Brás aos comandos de um Citroën AX.

Já no Campeonato de Portugal de Clássicos de Montanha JC Group, Luís Delgado fez-se valer do Ford Sierra Cosworth para chamar a si o triunfo, impondo-se nas duas últimas subidas de prova, deixando a discussão do segundo lugar para os ‘habituées’ do campeonato, sendo que desta feita José Pedro Gomes se desforrou do Caramulo e bateu Flávio Sainhas por mais de um segundo.

3Shares

Mais partilhadas da semana

Subir