Motociclismo

Romano Fenati investigado por tentativa de homicídio

A vida de Romano Fenati continua a piorar, depois de travar a moto do adversário em plena corrida. O Ministério Público de Rimini abriu um inquérito que pode levar à acusação do ex-piloto por tentativa de homicídio.

Recorde-se que, na sequência do caso, o italiano foi despedido pela Marinelli Snipers, ficou sem a licença de piloto e decidiu retirar-se do motociclismo,

Uma organização de defesa do ambiente e dos consumidores entendeu que o gesto de Romano Fenati pode configurar um ilícito criminal, tendo apresentado queixa no Ministério Público de Rimini, de Itália.

De acordo com o Resto del Carlino, a procuradora Elisabetta Melotti aceitou a queixa e mandou abrir um inquérito, mas com um ‘pormenor’ bem mais grave para o ex-piloto, que poderia ter de responder em tribunal por tentativa de agressão.

No inquérito, o Ministério Público não exclui a possibilidade de processar Romano Fenati por tentativa de homicídio.

Fenati travou a moto de Stefano Manzi quando ambos circulavam a cerca de 220 quilómetros por hora.

Veja o vídeo do incidente.


Mais partilhadas da semana

Subir