Motociclismo

Resultados do GP do Qatar ‘presos’ por protestos

O triunfo de Andrea Dovizioso na primeira prova do Campeonato do Mundo de MotoGP está em suspenso, depois dos protestos das rivais em relação à legalidade das Ducati deste ano.

Em causa estão os apêndices aerodinâmicos existentes no braço da suspensão traseira das Desmosedici de 2019, que outros construtores consideram ilegal ‘à luz’ dos atuais regulamentos da categoria ‘rainha’ do motociclismo mundial.

Os comissários do Grande Prémio do Qatar entregaram o caso ao Tribunal de Apelação da Federação Internacional de Motoclismo, presidida pelo português Jorge Viegas, que agora terá de julgar se os dispositivos aerodinâmicos estão ou não conforme ao regulamento.

Aprila, KTM, Honda e Suzuki dizem que as pequenas aletas são ilegais porque os regulamentos proíbem dispositivos aerodinâmicos que não estejam fixos à carroçaria das motos, situação que as motos de Andrea Dovizioso, Danilo Petrucci e Jack Miller em Losail não cumpriam.

Mais partilhadas da semana

Subir