Ásia

Resultados definitivos dão vitória esmagadora a partido do PM indiano

O partido nacionalista hindu, do primeiro-ministro Narendra Modi, ganhou as eleições legislativas na Índia com larga maioria parlamentar, conseguido 303 deputados, segundo os resultados definitivos hoje publicados.

O Bharatiya Janata Party (BJP, partido de Modi) obteve os melhores resultados da sua história, deixando muito para trás o seu principal opositor, o partido do Congresso.

Esta formação, liderada por membros da dinastia Nehru-Gandhi, conseguiu apenas 52 assentos parlamentares para os próximos cinco anos na câmara baixa do parlamento.

O líder do partido do Congresso, Rahul Gandhi, já tinha assumido na quinta-feira a derrota nas eleições, felicitando os vencedores.

O primeiro-ministro, Narendra Modi, também já tinha reagido na quinta-feira, numa mensagem divulgada na rede social Twitter.

“A Índia ganhou novamente!”, escreveu o Narendra Modi, que irá cumprir um segundo mandato como chefe de Governo da Índia, país com 1,3 mil milhões de habitantes.

A câmara baixa do Parlamento indiano conta com 542 lugares, sendo que para formar governo um partido ou coligação precisa de 271 assentos.

Durante seis semanas, entre abril e maio, 67 por cento dos 900 milhões de eleitores indianos participaram na maior eleição já realizada no país.

As eleições tiveram início em 11 de abril, e foram vistas como um referendo a Modi, cujas reformas económicas não tiveram grande êxito, mas o primeiro-ministro goza de grande popularidade no país.

Com 68 anos, o filho de um vendedor de chá em Gujarat (oeste) chegou ao poder em 2014 e enfrentou neste escrutínio vários poderosos partidos regionais e o Partido do Congresso, liderado pelo herdeiro da dinastia política Nehru-Gandhi, Rahul Gandhi.

Mais partilhadas da semana

Subir