Mundo

Reino Unido: Pais perdem guarda do filho por fumarem em casa

crianca_uk_fumadores

Um casal no Reino Unido perdeu a guarda do filho de dois anos por fumar dentro de casa. O casal foi levado para um Tribunal de Família por assistentes sociais daquele país e acusado de não saber ‘avaliar’ as necessidades da criança.

Um dos assistentes da Segurança Social, chamados ao local, descreveu o que encontrou na casa como um lugar “sujo, mal cheiroso e sem higiene”.

Julien Allen, a assistente social que tomou conta do caso, disse à juíza responsável por este processo que, em 10 anos de carreira nunca tinha visto tanto fumo numa casa. A mesma assistente social diz ter encontrado a criança a dormir ao lado do pai enquanto este fumava.

Depois do relato da inspetora de saúde, Louise Pemberton, a juíza responsável pelo processo, decidiu encaminhar a criança de dois anos para a adoção.

“Adoção é, na realidade, a única opção válida. Na minha opinião, nada mais vai acontecer”, disse a juíza.

A mesma juíza afirma que os pais não tem capacidade para ficar com a criança, por não saberem reconhecer as necessidades de que o menino precisa.

“Eu quero que o menino saiba que, na minha opinião, os pais o amam e tentaram de tudo, mas simplesmente não são capazes de reconhecer as necessidades dele”, disse a juíza.

 

Mais partilhadas da semana

Subir