Nas Notícias

Rede de tráfico de droga intercontinental travada pela PJ e polícia espanhola

policia_judiciariaA polícia espanhola e a Polícia Judiciária (PJ) desmantelaram uma rede de tráfico de cocaína que operava em Portugal, Espanha e América do Sul. A operação levada a cabo pela PJ provocou a detenção de cinco suspeitos de pertencerem à organização, cujo líder foi detido em Espanha. O líder do grupo também foi detido em Barcelona.

Através de um comunicado a PJ tornou pública a detenção de cinco pessoas, alegados membros de uma rede altamente organizada, que se dedicava ao tráfico de droga, com ligações à América do Sul, que usava Portugal e Espanha como plataforma para distribuição de droga para outros países europeus.

Numa ação em parceria com as autoridades espanholas, a PJ pôs termo ao grupo criminoso sul-americano, que revelava grande organização, “com forte hierarquia”, além de um modo de operar apenas visível nas grandes redes criminosas.

A cocaína era proveniente da Argentina e trazida para solo europeu, escondida em materiais que eram transportados de forma legal. Uma vez em Portugal ou Espanha, a droga era presumivelmente distribuída para outros países europeus, segundo suspeita a PJ.

Os detidos são sul-americanos, que estavam a ser investigados há seis meses e que se encontravam em Portugal. Alguns tinham identidade falsa. As autoridades portuguesas apreenderam ainda 393 quilos de cocaína, um automóvel e 13 mil euros, além de outros objetos utilizados para a prática de crimes.

Ao mesmo tempo que em Portugal membros da redes de tráfico de cocaína estavam a ser detidos, em Espanha foi capturado o presumível líder do grupo. Tinha residência em Barcelona e foi apanhado pelas autoridades políciais espanholas.

Em destaque

Subir