Fórmula 1

Recurso da Alfa Romeo rejeitado e Williams mantém ponto na Alemanha

A equipa de Fórmula 1 da Alfa Romeo viu o seu recurso à penalização sofrida no Grande Prémio da Alemanha e assim a Williams viu confirmado o ponto conquistado por Robert Kubica em Hockenheim.

O Tribunal de Apelo Internacional da FIA, reunido em Paris esta terça-feira, decidiu rejeitar o recurso que a equipa liderada por Fréderic Vasseur tinha entreposto à penalização atribuída em virtude de uma regulação irregular da embraiagem dos monolugares de Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi na prova germânica.

Embora o finlandês e o italiano tenham cortado a meta nas sétima e oitava posições, depois receberam uma penalização de 30 segundos que os ‘atirou’ para fora dos pontos, já que a alteração dos parâmetros da embraiagem dos dois Alfa Romeo atuava como controlo de tração e terá dado vantagem a Raikkonen em várias alturas da corrida.

“A situação surgiu durante a fase de ‘safety-car’ antes da partida lançada”, explicou Fréderic Vasseur, que acrescentou: “Nós tivemos uma disfunções da embraiagem no nosso controlo”.

Isto faz com que Robert Kubica mantenha o único ponto conquistado no campeonato pela Williams e que Lewis Hamilton mantenha também os dois da nona posição a que foi promovido com o castigo aos carros de Hinwill. O mesmo pode ser dito do sétimo lugar de Romain Grosjean e do oitavo de Kevin Magnussen.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir