Nas Notícias

Reciclagem cresceu 11 por cento em Portugal no primeiro semestre do ano

Portugal registou um aumento de 11 por cento de reciclagem no primeiro semestre deste ano, comparando com os dados do período homólogo de 2018, informou hoje a Sociedade Ponto Verde.

Entre janeiro e junho deste ano foram recolhidas cerca de 175 mil toneladas de embalagens, o que equivale ao peso de 450 aviões comerciais, tendo-se verificado um “aumento significativo” em todos os materiais recolhidos.

Segundo a Sociedade Ponto Verde, o papel e o cartão registaram um aumento de 16 por cento de toneladas recolhidas, seguindo-se o alumínio que apresentou um crescimento de 13 por cento e o vidro que registou mais 10 por cento de toneladas reunidas do que no primeiro semestre do ano passado.

Já o plástico apresentou um crescimento de 5 por cento de toneladas recicladas, valor que, segundo a Sociedade Ponto Verde, se deve à diminuição da sua utilização.

“As pessoas estão a consumir menos plástico e isto é o resultado de uma sensibilização real e efetiva da utilização consciente” deste material, disse à agência Lusa a administradora-delegada da Sociedade Ponto Verde, Ana Isabel Morais.

Segundo a mesma responsável, “as pessoas estão a adotar comportamentos mais responsáveis e os produtores das embalagens que estão a ser colocadas no mercado estão também mais conscientes”, uma vez que o plástico está a ser substituído por outros materiais e, em alguns casos, as embalagens estão a incorporar material reciclado.

Para a administradora-delegada da Sociedade Ponto Verde, o aumento da reciclagem reflete uma maior preocupação dos portugueses e uma maior consciência ambiental.

Ana Isabel Morais referiu ainda que o “sistema de reciclagem em Portugal está a funcionar melhor”.

A Sociedade Ponto Verde é uma empresa licenciada como entidade gestora de resíduos de embalagens.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir