Motores

Ralis da Nova Zelândia e do Japão podem ser cancelados

Depois de Portugal e do Safari os Ralis da Nova Zelândia e do Japão também podem ser cancelados

O campeonato do Mundo da especialidade (WRC) deveria este ano regressar a África, a terras nipónicas e aos antípodas, mas isso poderá não suceder.

Ainda não deverá ser este ano que a prova nipónica regressa ao calendário

A pandemia de coronavirus fez com que o calendário mundial de ralis ‘encolhesse’ e ficasse neste momento com 13 provas, mas esse número poderá descer para 11 caso se confirmem esses cancelamentos, seguindo o exemplo de Portugal, inicialmente agendado para abril, e do Safari no Quénia.

Para uma possível anulação dos eventos neozelandês e japonês os motivos prendem-se, além da situação sanitária, com o clima económico atual, pois as equipas não estarão dispostas a deslocações tão onerosas para a Oceânia e para o Extremo Oriente.

Não está ainda tomada uma decisão definitiva sobre o assunto, sendo que os responsáveis pelo WRC irão tomá-la no final de maio em relação aos antípodas, pois é cada vez menos provável ‘encaixar’ a prova no final de novembro.

0Shares

Em destaque

Subir