Internacional

Rainha do Snapchat morreu após ir ao quiroprata (vídeo)

Está explicada a morte de Katie May, a ‘Rainha do Snapchat’. A modelo, que posou para a Playboy, foi vítima de um acidente vascular na sequência de uma consulta num quiroprata.

Oito meses após a morte da ‘Rainha do Snapchat’, que tinha milhões de seguidores nesta rede social, o site TMZ acedeu ao atestado de óbito e terminou com os rumores (ver vídeo abaixo) que imputavam como causa de morte uma suposta queda num estúdio, durante uma sessão fotográfica.

Essa queda aconteceu, mas sem consequências de maior tirando algumas dores no pescoço. Foi então que Katie May resolveu consultar um quiroprata e, na sequência do tratamento, foi vítima da rutura de um trombo (uma espécie de coágulo) numa artéria no pescoço.

Na altura do acidente vascular, a modelo, cuja fama no Snapchat valeu o convite (entre outros) para posar para a Playboy, estava já internada num hospital de Los Angeles, nos EUA.

Na autópsia, os médicos legistas escreveram que a rutura terá sido provocada pela massagem de quiropraxia, refere o TMZ, e não pela queda no estúdio.

A notícia do site que acompanha a vida das celebridades lançou o debate sobre as eventuais consequências nefastas da quiropraxia.

Os benefícios são conhecidos e um bom quiroprata consegue tratar lesões, minorar a dor e reduzir o stress, mas os médicos (ocidentais) alertam para certos casos em que se deve evitar esta prática da medicina oriental: pessoas de famílias com historial de acidentes vasculares, com doenças ósseas ou a recuperar de uma fratura.

Mais partilhadas da semana

Subir