Nas Redes

Capazes: “Quem quer casar com um paspalho?”

A estreia de programas ‘casamenteiros’ no horário nobre de domingo pela SIC e pela TVI levou a Capazes a gozar as duas estações, deixando uma pergunta provocatória: “Quem quer casar com um paspalho?”

Ontem à noite, a SIC procurou dar seguimento à estratégia de programas como ‘Casados à Primeira Vista’ e ‘O Carro do Amor’ e lançou ‘Quem quer namorar com o agricultor?’

À mesma hora, a TVI ‘respondia’ com um formato idêntico, o «Quem quer casar com o meu filho?’

A plataforma feminista Capazes não demorou a registar “o machismo e o sexismo em todo o seu esplendor”.

“Dois dias depois de assinalarmos com estrondo o Dia Internacional das Mulheres e a importância da luta pela Igualdade, a TVI e a SIC apresentam dois formatos absolutamente degradantes para as mulheres”, salientou a associação, através das redes sociais.

“Programas em que as mulheres são postas a competir pelo macho Alfa e pelo seu dote, sujeitando -se às maiores humilhações e fazendo-nos, a todas e todos, recuar ao século passado”, condenou.

Horas mais tarde, novo post sobre os programas.

“Parece uma piada. Antes fosse”, começou a Capazes, partilhando a crónica “Quem quer casar com um paspalho?”

“É o argumento do programa de domingo à noite dos dois canais mais vistos em Portugal. A SIC pôs várias mulheres a competir para agradar a um macho. A TVI pôs várias mulheres a competir para agradar à mamã de um macho. Os machos e as mamãs fazem as entrevistas (porque elas não perceberam mas, pelos vistos, estão a ser contratadas para sopeiras) e conforme as suas prestações são aprovadas ou dispensadas”, resumiu a cronista da Capazes.

“Estes programas apresentam as várias candidatas como se se tratassem de peças encomendadas de uma loja online em que, aquelas que preenchem os requisitos, podem ser utilizadas, enquanto que as que apresentam defeito, são recambiadas com selo de devolução. Uma vergonha”, referia ainda a crónica.

Mais partilhadas da semana

Subir