Desporto

Quaresma assiste em campo ao novo milagre de Istambul

O Fenerbahçe empatou a três golos com o Besiktas, depois de ter chegado ao intervalo a perder… por 3-0. Ricardo Quaresma entrou aos 75, mas já não foi a tempo de impedir a perda de pontos.

No término da época 2004/05, o Milan chegou ao intervalo a vencer o Liverpool por 3-0, na final da Liga dos Campeões, disputada em Istambul, na Turquia. Na segunda parte, os ‘reds’ chegaram ao empate, vindo a ganhar o troféu nos penáltis. Um jogo de loucos que ficou para a história como “o milagre de Istambul”.

Esta noite, o Fenerbahçe realizou uma versão própria do milagre de Istambul, em casa do rival Besiktas, em jogo a contar para a 23.ª jornada da Liga turca.

Habituado às provas europeias, o Fenerbahçe está a lutar para não descer. Já o Besiktas, que deixou Ricardo Quaresma no banco, tenta reduzir a vantagem para o líder, o Basaksehir.

Parecia ser uma noite perfeita para o Besiktas, que chegou ao intervalo com uma vantagem de três golos (Gonul e Yilmaz, que bisou).

Só que a segunda parte trouxe uma reação estonteante do Fenerbahçe.

Neste novo milagre de Istambul, Zajc, Ciftpinar e Kaldirim marcaram e colocaram nova igualdade no marcador… em apenas 12 minutos.

Ricardo Quaresma começou a partida no banco, tendo entrado para os últimos 15 minutos, quando o 3-3 já estava feito.

Com este resultado, o Besiktas continua no terceiro lugar, agora a 11 pontos do Basaksehir. O Fenerbahçe subiu ao 14.º posto.

Veja o golo de Kaldirim, que fixou o resultado final.

8Shares

Em destaque

Subir