Local

PSP detém homem após ter sido apedrejada por moradores do Bairro da Jamaica

A PSP deteve hoje pelo menos um homem, após cerca de duas centenas de moradores do Bairro da Jamaica, no Seixal, terem apedrejado a polícia na Avenida da Liberdade, em Lisboa, informou fonte da PSP.

Hoje, cerca de uma centena de moradores no Bairro da Jamaica, no Seixal, Setúbal, estavam às 16:30 em protesto em frente ao Ministério da Administração Interna (MAI), em Lisboa, para dizer “basta” à violência policial e “abaixo o racismo”.

Segundo o porta-voz do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis), os manifestantes, cerca das 17:00, subiram a Avenida da Liberdade, em direção ao Marquês de Pombal, onde ocuparam a praça central.

Pelas 18:30, começaram a descer a avenida, ocupando as faixas centrais e impedindo a circulação rodoviária, indicou a fonte, explicando que quando os elementos da PSP obrigaram os manifestantes a passar para o passeio, estes começaram a lançar pedras contra os agentes da autoridade e “pelo menos dois petardos”.

Esta reação levou a “uma intervenção mais musculada da PSP”, obrigando os manifestantes a dispersarem-se, indicou a fonte, não adiantando para já se foram disparados tiros.

O comissário Tiago Garcia afirmou à Lusa que existe “pelos menos um detido”.

Cerca das 19:15 havia um forte aparato policial na zona do final da Avenida da Liberdade e na Praça do Rossio.

Mais partilhadas da semana

Subir