Nas Notícias

PSP anuncia no Facebook os locais onde realiza operações stop com radar

policia6A Polícia de Segurança Pública (PSP) já está a revelar no Facebook os dias, horas e locais onde irá efetuar operações de controlo de velocidade e de fiscalizações de trânsito. A ação informativa, chamada “Quem o avisa”, tem o objetivo de reduzir a sinistralidade e também o número de infrações. Os utilizadores do Facebook estão a acolher bem a iniciativa da PSP.

Chama-se “Quem o avisa” e é uma iniciativa da PSP que se conclui com o que resta do provérbio: amigo é. Com efeito, aquela força de segurança pretende reduzir a sinistralidade na estrada e, ao mesmo tempo, evitar que os condutores cometam infrações.

Todos os meses, a PSP vai publicar no Facebook os locais, dias e horas onde realizará operações de controlo de velocidade, bem como outras fiscalizações de trânsito. “A aposta na prevenção da sinistralidade rodoviária é uma das prioridades da Polícia de Segurança Pública. Mais do que efetuar as necessárias operações de controlo e de fiscalização de trânsito, sabemos que é fundamental apostar na sensibilização e formação dos condutores”, informa a PSP, no seu espaço no Facebook.

Trata-se de uma ação inédita, que contrasta com os princípios de esconder os radares para apanhar os condutores infratores mais incautos. A PSP quer alertar os condutores através do seu espaço naquela rede social.

Ao mesmo tempo, aquela autoridade pretende alertar para comportamentos de risco ao volante e “para as suas terríveis consequências”, dando visibilidade à presença dos agentes da PSP, como “forma de prevenir infrações.

“Queremos estar do lado da solução do problema através de uma aposta clara na prevenção, decidimos disponibilizar mensalmente no nosso Facebook, alguns locais onde são efetuados controlos de velocidade pelos nossos radares”, explica a nota da PSP.

Os locais escolhidos para estas operações de vigilância seguiram “critérios de maior perigosidade”, para que os condutores reduzam a velocidade nesses locais mais suscetíveis de ocorrerem acidentes rodoviários.

A PSP pretende mostrar-se, para que os condutores adotem comportamentos corretos nas estradas, pelo menos nos locais onde, em teoria, poderão verificar-se mais casos de sinistralidade rodoviária.

Também no Facebook existia já um grupo de condutores, de acesso fechado, cujos membros publicavam na rede social (de modo imediato, através de dispositivos móveis ligados à Internet, como smartphones) os locais onde encontravam agentes da PSP ou da GNR. Todos os restantes condutores ficavam avisados da presença de agentes e de operações stop, em ‘direto’ e online, e evitavam esses locais.

Mas o espírito da iniciativa da PSP não se prende com este jogo do ‘rato e do gato’. É de segurança rodoviária que se fala. Poderá acompanhar a informação da PSP através da página no Facebook desta força de segurança.

Em destaque

Subir