Economia

PSI20 fecha a subir 0,63% com Galp, Nos e Jerónimo Martins a liderarem ganhos

O PSI20, principal índice bolsista português, subiu hoje 0,63 por cento para 5.185,49 pontos, depois de quatro sessões de queda, com Galp, Nos e Jerónimo Martins a impulsionarem o mercado.

Dos 18 títulos que compõem o índice nacional, oito subiram, dois mantiveram-se inalterados (EDP Renováveis e Ibersol) e oito desvalorizaram.

A petrolífera Galp destacou-se a subir 2,74 por cento para 13,87 euros, seguida da operadora Nos a crescer 1,95 por cento para 5,76 euros e a retalhista Jerónimo Martins 1,23 por cento para 14,44 euros.

Ainda com ganhos fecharam a Sonae Capital (0,82 por cento para 0,74 euros), REN (0,60 por cento para 2,51 euros), EDP (0,60 por cento para 3,37 euros), e Mota-Engil (0,42 por cento para 1,90 euros). O BCP fechou praticamente estável (0,07 por cento para 0,28 euros).

Em sentido contrário, a Semapa perdeu 2,55 por cento para 12,24 euros, a Altri caiu 1,17 por cento para 5,89 euros e a Ramada Investimentos (1,13 por cento para 6,98 euros) e CTT (1,09 por cento para 2,00 euros).

Ainda em queda, mas abaixo de 1 por cento, fecharam Corticeira Amorim (para 9,87 euros), Pahrol (para 0,15 euros), Sonae (para 0,85 euros) e Navigator (para 3,20 euros).

As palavras de terça-feira do presidente da Reserva Federal norte-americana, Jerome Powell, e as atas da reunião de junho do Banco Central Europeu (BCE) apontam na mesma direção, de possível redução das taxas de juros para evitar os riscos de desaceleração da economia, o que anima os mercados.

Nas restantes bolsas europeias, o dia foi misto, com Londres e Paris a perderem 0,28 por cento cada um e Frankfurt a ceder 0,33 por cento, enquanto Madrid subiu 0,30 por cento e Milão 0,56 por cento.

Mais partilhadas da semana

Subir