Economia

PSI20 cai 0,28% com NOS a liderar descidas

A bolsa de Lisboa encerrou hoje em terreno negativo, com o índice PSI20 a perder 0,28 por cento para 5.108,06 pontos, pressionado essencialmente pela NOS, que liderou as descidas.

Das 18 cotadas que integram o PSI20, oito subiram, oito desceram e duas ficaram inalteradas. O grupo de comunicações NOS desceu 4,20 por cento para 5,59 euros.

Nas principais descidas, a Pharol caiu 1,18 por cento para 0,15 euros, a Sonae SGPS cedeu 0,94 por cento para 0,90 euros e o BCP perdeu 0,71 por cento para 0,25 euros.

Os acionistas do banco aprovaram hoje em assembleia-geral, com 99,98 por cento dos votos a favor, a distribuição de dividendos e a devolução faseada dos salários, que sofreram cortes entre 2014 e 2017.

Com desvalorizações mais fracas terminaram a Mota-Engil (2,15 euros), a Navigator (3,40 euros), a REN (2,42 euros) e a Galp (14,39 euros).

Nas subidas, os CTT lideraram, avançando 2,95 por cento para 2,31 euros, no dia em que João Bento assumiu a presidência executiva da empresa.

A Corticeira Amorim avançou 2,31 por cento para 10,64 euros, a Altri somou 1,94 por cento para 6,30 euros, a Jerónimo Martins ganhou 1,35 por cento para 13,50 euros e a Sonae Capital subiu 1,02 por cento para 0,89 euros.

Com ganhos mais baixos terminaram a Semapa (13,06 euros), a EDP Renováveis (8,80 euros) e a EDP (3,27 euros).

No resto da Europa, não houve uma tendência definida, num contexto de recrudescimento da tensão comercial entre as duas maiores economias mundiais (Estados Unidos e China) e de incerteza sobre o Brexit (saída britânica da União Europeia). Londres registou uma ligeira variação positiva de 0,07 por cento, Frankfurt subiu 0,21 por cento, mas Madrid caiu 0,07 por cento e Paris perdeu 0,12 por cento.

Mais partilhadas da semana

Subir