Motores

Prova difícil para Pedro Rosário em Castelo Branco

Pedro Rosário conheceu um fim de semana mais complicado do que esperava na visita do Campeonato de Portugal de Kartcross a Castelo Branco.

A penúltima ronda da época não correu na perfeição ao piloto de Coimbra, que conheceu algumas dificuldades, nomeadamente no seu Semog Bravo ER, mas que com determinação conseguiu terminar no último lugar do pódio, limitando os ‘danos’ em termos de campeonato.

“Sepois de uma sessão de treinos cronometrados falhada, partimos para a primeira corrida em penúltimo lugar, conseguindo garantir a terceira posição. Com um desempenho fantástico nas duas primeiras corridas de qualificação passamos a ocupar a segunda posição à geral. Faltava apenas a terceira corrida para definir a grelha para a final e quando liderávamos a prova uma avaria elétrica obrigou-nos a abandonar”, relata Pedro Rosário.

Mas o piloto da Energia Racing não ‘baixou os braços’: “Na final partimos da quinta posição e conseguimos chegar à liderança da prova, no entanto ao sair da ‘joker lap’ um piloto teve uma manobra imprudente embatendo de forma violenta no nosso carro fazendo-nos perder a liderança da prova para o nosso principal rival, acabando o segundo lugar por ser o resultado possível”.

“Foi um fim-de-semana intenso, com muita adrenalina e emoções fortes. Mas a verdade, é que perdemos pontos preciosos na luta do campeonato e com isso abrimos a porta para que o “Joca” seja campeão. Falta a derradeira prova, em Sever do Vouga, onde se vai decidir o vencedor do campeonato e nós queremos e vamos lutar até ao fim. Uma palavra ainda à Escuderia de Castelo Branco pela excelente organização do evento”, acrescenta Pedro Rosário, que já pensa no encerramento da temporada, a 13 e 14 de outubro.

Em destaque

Subir