Nas Notícias

Produção renovável abastece 54 por cento do consumo elétrico até agosto

A produção nacional de energia renovável abasteceu 54 por cento do consumo nos primeiros oito meses do ano e 38 por cento em agosto, segundo os dados da REN – Redes Energéticas Nacionais, hoje divulgados.

De acordo com os dados da REN, entre janeiro e agosto, a produção renovável abasteceu 54 por cento do consumo, repartida pela hidroelétrica com 25 por cento, eólica com 23 por cento, biomassa com 5 por cento e fotovoltaica com 1,6 por cento.

Por sua vez, a produção não renovável abasteceu 46 por cento do consumo, repartida pelo gás natural com 26 por cento e pelo carvão com 19 por cento.

Já o saldo de trocas com o estrangeiro “foi exportador”, equivalendo a 7,0 por cento do consumo nacional.

Em agosto, a produção renovável abasteceu 38 por cento do consumo mais saldo exportador, com a produção eólica a registar valores inferiores aos normais para o mês.

Segundo a REN, em agosto, as condições hidrológicas mantiveram-se “favoráveis”, com um índice de hidraulicidade de 2,18 (média histórica igual a 1), enquanto a produção eólica registou valores “inferiores aos normais” para o mês, com o índice de produtibilidade a situar-se em 0,89 (média histórica igual a 1).

No mês em causa, o índice de produtibilidade hidroelétrica anual situou-se em 1,19 (média histórica igual a 1) e o índice de produtibilidade eólica fixou-se em 1,01 (média histórica igual a 1).

No mercado de gás natural, em agosto, o consumo total registou uma queda de 12,6 por cento, “com uma contração de 27 por cento no mercado elétrico e um crescimento de 2,9 por cento no mercado convencional”.

Desde o início do ano, o consumo de gás natural registou uma “variação anual de menos 8,3 por cento”, face ao período homólogo, “resultado de uma contração de 28 por cento no mercado elétrico”, que foi em parte compensada por uma subida de 5 por cento no segmento convencional.

Mais partilhadas da semana

Subir