Economia

Produção na construção abranda em dezembro

O crescimento do Índice de Produção na Construção abrandou para 3,1 por cento em dezembro, em termos homólogos, depois de ter registado uma subida de 3,9 por cento no mês anterior, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com o INE, em ambos os segmentos, construção de edifícios e engenharia civil, registaram-se abrandamentos, respetivamente, de 0,7 pontos percentuais e 0,9 pontos percentuais, para taxas de variação homóloga de 3,5 por cento e 2,5 por cento, pela mesma ordem.

Já os índices de emprego e de remunerações aumentaram 2,0 por cento e 4,8 por cento em dezembro, dos 2,3 por cento e 4,2 por cento registados em novembro, respetivamente.

Em termos de média anual, a produção, o emprego e as remunerações aumentaram, respetivamente, 3,4 por cento, 2,3 por cento e 4,0 por cento em 2018, contra as subidas de 1,9 por cento, 1,8 por cento, e 1,6 por cento observadas no ano anterior.

A remuneração por pessoa ao serviço aumentou 1,7 por cento em 2018 (-0,2 por cento em 2017), acrescenta o INE.

Mais partilhadas da semana

Subir