Nas Notícias

Produção industrial brasileira recua 0,3% e acumula pior resultado do mês desde 2015

A produção industrial brasileira caiu 0,3 por cento em julho em relação ao mês anterior, registando o terceiro resultado negativo mensal seguido e o pior desempenho para meses de julho desde 2015, informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A perda de produção acumulada pelo sector industrial do Brasil nos últimos três meses foi de 1,2 por cento, no entanto, o perfil da queda em julho foi diferente da observada em maio e junho segundo o IBGE.

“Antes, o perfil de recuo [da produção industrial brasileira] era disseminado. Já em julho, 15 das 26 atividades industriais do país estão positivas, indicando uma concentração de resultados negativos”, explicou André Macedo, gerente da pesquisa do IBGE.

Em comparação com julho de 2018, a produção da indústria brasileira recuou 2,5 por cento.

No ano, a produção industrial do país acumula perda de 1,7 por cento, enquanto nos últimos 12 meses houve queda de 1,3 por cento.

“Na margem, observamos uma recuperação parcial da extração de minério de ferro, devido à reabertura gradativa de sítios de mineração, após um período de suspensão para fiscalização. Porém, frente a 2018, a base de comparação é alta e percebe-se claramente que ainda há muita influência da rutura da barragem de Brumadinho”, conclui o responsável da pesquisa do IBGE.

Mais partilhadas da semana

Subir