Internacional

Príncipe William recorda “desespero e depressão” da vida militar

O príncipe William deu um testemunho pessoal sobre os traumas por que passam os militares, no âmbito de uma iniciativa de promoção de saúde mental.

O segundo na linha de sucessão ao trono britânico recuou aos tempos em que foi piloto da Força Aérea Real britânica.

“Levava muita tristeza para casa sem me aperceber”, assumiu o duque de Cambridge.

“Vi muita coisa triste. Comecei a pensar que a vida era assim”, continuou.

O príncipe confessou então: os militares estão “sempre a lidar com desespero, depressão e danos”.

“O desgaste vai-se acumulando e, se não tivermos cuidado, acabamos por não nos libertar disso”, avisou William.

“Somos apenas humanos”, lembrou: “As pessoas, por vezes, esquecem-se dos problemas que temos de pôr de parte para que possamos concentrar-nos no trabalho”.

O testemunho do príncipe William foi dado na cerimónia que assinalou o lançamento do site do projeto Mental Health at Work, uma iniciativa de promoção da saúde mental.

O neto da Rainha tornou-se oficialmente piloto da Força Aérea Real em 2006. Recorde o momento.


Mais partilhadas da semana

Subir