Banca

Primo de Ricardo Salgado fará gestão de imóveis vendidos pelo Novo Banco

A venda de imóveis do Novo Banco passará a ser gerida por duas empresas do mercado, sendo que uma delas tem como responsável um primo de Ricardo Salgado. A família Espírito Santo passará a ter, assim, a responsabilidade da gestão de ativos do ex-BES.

De acordo com o jornal económico Eco, a Finsolutia – empresa fundada e presidida por Nuno Espírito Santo Silva, primo de Ricardo Salgado – terá a seu cargo a gestão de venda de cerca de nove mil imóveis que a Anchorage Capital Group, entidade norte-americana, adquiriu ao Novo Banco.

O Novo Banco prevê que a transação se conclua até ao final do ano, assim que estejam reunidas todas as condições associadas à sua formalização.

A transferência de competências para a gestão terá sido decidida entre a Anchorage e a Lace Investment Partners (uma outra empresa do mercado), sendo que só depois se terá chegado à Finsolutia, de Nuno Espírito Santos, que fará a gestão dos ativos, tal como uma outra empresa do ramo, a Hipoges.

Assim, a gestão de ativos do Novo Banco foi colocada na espera da Anchorage e da Lace Investment Partners, que encontraram novos parceiros no mercado para fazer a gestão dos imóveis que são, sobretudo, estacionamentos e terrenos industriais e comerciais.

Ao referido jornal, o Novo Banco não comenta o facto de um elemento da família Espírito Santo passar a ter a gestão de ativos que pertenciam ao banco, salientando a entidade bancária que “negociou a venda da carteira com o grupo Anchorage, a única entidade com quem contactou diretamente neste processo”.

Sobre este assunto, Nuno Espírito Santo não se quis alongar muito, em declarações no final de outubro.

“Não posso confirmar. Desconheço. Não somos parte envolvida na transação. O que eu li no comunicado é que era entre a Anchorage e a Lace Investment Partners. Não tenho nada para comentar. O Novo Banco fez um comunicado e não sei mais nada do que isso”, disse, a 26 de outubro ao Eco.

A Finsolutia é uma empresa que presta serviços de gestão e recuperação de créditos criada em 2007.

Mais partilhadas da semana

Subir