Mundo

Presidentes de Portugal e Áustria unidos contra extremismo e alterações climáticas

O Presidente da República afirmou hoje perante o seu homólogo austríaco que os dois estão unidos por uma União Europeia (UE) assente na solidariedade, contra o extremismo, e também no combate às alterações climáticas.

“Convergimos no objetivo de manter o apoio e o entusiasmo dos nossos cidadãos para com o projeto europeu, combater o extremismo, o radicalismo e o chamado populismo, e avançar com projetos que aumentem a força da nossa união no contexto mundial”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado falava no Palácio de Belém, em Lisboa, tendo ao seu lado o Presidente da Áustria, Alexander Van der Bellen, economista, membro do partido austríaco Os Verdes, que hoje recebeu, durante a sua visita de Estado a Portugal.

Em declarações conjuntas à comunicação social, Marcelo Rebelo de Sousa referiu que Van der Bellen “hoje manterá contacto com algumas das outrora crianças austríacas – e foram cerca de cinco mil – que estiveram em Portugal acolhidas por famílias portuguesas no final da II Guerra Mundial”.

O Presidente da República apontou essa “demonstração de solidariedade profundamente humana, vencendo distâncias geográficas e linguísticas”, como algo que “deveria constituir para sempre um desses valores fundamentais a unir firmemente a Europa do futuro, tanto nos bons como nos maus momentos”.

Marcelo Rebelo de Sousa acrescentou que, durante o encontro de hoje com o seu homólogo austríaco, os dois discutiram “essa visão do mundo aberto, multilateral, interligado” que partilham, “assente na solidariedade, no diálogo e na cooperação”.

Depois, destacou a “promoção do desenvolvimento sustentável” e a “preocupação com as alterações climáticas” como outro ponto em comum.

“Queria aqui hoje manifestar novamente o meu apoio e o apoio de Portugal às iniciativas de vossa excelência no domínio das alterações climáticas, da chamada de atenção para os problemas do ambiente, para os seus efeitos entre gerações, naquilo que tem sido a destruição consecutiva do planeta”, acrescentou, dirigindo-se para o Presidente da Áustria.

“Conta vossa excelência com o apoio determinado e constante de Portugal”, reforçou Marcelo Rebelo de Sousa.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir