Nas Notícias

Presidente do PSD apoiará eventual escolha de Mário Centeno para presidir ao FMI

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou hoje que, se Mário Centeno tiver “reais possibilidades” de vir a presidir ao Fundo Monetário Internacional (FMI), “com certeza” que terá o seu apoio.

Em entrevista à rádio Observador, Rui Rio foi questionado sobre a possibilidade, falada nas últimas semanas, de o ministro das Finanças vir a ser o próximo presidente do FMI e defendeu que, “salvo situações absolutamente extraordinárias”, apoiará “qualquer português que tenha condições para ocupar um cargo internacional de relevo”.

“Se o professor Mário Centeno tiver reais possibilidade de substituir Christine Lagarde no FMI, com certeza que tem o meu apoio”, afirmou.

Quanto à pasta pela qual Portugal se deve bater na Comissão Europeia, Rio anteviu negociações “muito complexas” e não quis manifestar preferências.

“Manter a pasta que tem o engenheiro Carlos Moedas [Investigação, Inovação e Ciência] seria interessante, mas são negociações muito difíceis”, admitiu.

Mais partilhadas da semana

Subir