Nas Notícias

Presidente da República manifesta solidariedade com bombeiros e populações afetadas pelos incêndios

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, transmitiu hoje “toda a solidariedade aos homens e mulheres” que estão a combater os incêndios no distrito de Castelo Branco e às populações atingidas.

Numa nota publicada no ‘site’ da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirma que está a acompanhar a situação, estando em contacto com o Governo e com os presidentes das câmaras municipais das zonas afetadas.

“Consciente das adversas condições meteorológicas, o Presidente da República transmite toda a solidariedade aos homens e mulheres que os combatem, bem como às populações mais diretamente atingidas, no que é acompanhado por todos os portugueses”, refere a nota.

Segundo a informação disponível do ‘site’ a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), às 08:45 de hoje as chamas que lavram nos concelhos da Sertã e em Vila de Rei estavam a ser combatidas por 1.134 homens, apoiados por 343 meios terrestes e oito meios aéreos.

Os três incêndios provocaram sete feridos ligeiros e um grave, que foi transportado para a Unidade de Queimados do Hospital de São José, em Lisboa.

O incêndio de Vila de Rei (Castelo Branco), que durante a noite passou também a afetar o concelho de Mação (Santarém), “tem cerca de 60 por cento da sua área dominada”, afirmou hoje o Comandante do Agrupamento Centro Sul da ANPC, Belo Costa, ressalvando que este fogo tem uma “dimensão bastante apreciável” e o trabalho dos operacionais “é dificultado pelo tipo de terreno” onde arde.

Já os dois incêndios que lavravam no concelho da Sertã desde sábado foram dominados durante a noite, mantendo-se os operacionais no terreno para garantir que não há reativações durante o dia.

Mais partilhadas da semana

Subir