Motores

Presidente da NASCAR detido alcoolizado e na posse de droga

É o escândalo mais recente a afetar o desporto nos EUA. O presidente da NASCAR, Brian France, foi detido por conduzir embriagado e na posse de droga.

A detenção do CEO da organização das corridas de stock-cars aconteceu nos Hamptons, a norte da cidade de Nova York e segundo o site TMZ para além de estar alcoolizado estava na posse de oxidocona, que possui um efeito duas vezes mais forte que morfina, embora também seja utilizada como medicamento com prescrição médica.

Segundo o TMZ Brian France não passou no teste de álcool, registando um nível que era mais do dobro do limite legal.

O CEO da NASCAR foi detido em Sag Harbor depois de ter sido mandado parar quando estava ao volante do seu Lexus.

Depois de divulgada a notícia a NASCAR reagiu em comunicado, que referia:

“Estamos cientes do incidente e num processo de recolha de informações. Levamos isto com um assunto sério e emitiremos uma declaração depois de estarmos na posse de todos os factos”.

Brian France é neto de Bill France Sr., que fundou a NASCAR em 1948, e é o presidente da organização desde 2003, mas foi afastado do cargo no começo desta semana, na sequência do incidente divulgado pelo TMZ.

Num comunicado o CEO agora suspenso afirma: “Peço desculpas aos nosso fãs, à nossa indústria e à minha família pelo impacto das minhas ações na noite de domingo. Com efeito imediato estarei em licença por período indefinido para me concentrar nos meus assuntos pessoais”.

Com o afastamento de Brian France é o vice-presidente, Jim France, quem tomas as ‘rédeas’ da NASCAR de forma interina, sendo que Jim é filho do fundado e tio de Brian.

Mais partilhadas da semana

Subir