Economia

Preços da habitação voltam a desacelerar no terceiro trimestre ao crescerem 8,5 por cento

O índice de preços da habitação (IPHab) desacelerou no terceiro trimestre, ao crescer 8,5 por cento em termos homólogos, 2,7 pontos percentuais abaixo do registado nos três meses anteriores, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

“Este foi o segundo trimestre consecutivo em que se registou uma desaceleração dos preços das habitações transacionadas”, adianta o INE.

“No trimestre de referência, as habitações existentes registaram uma taxa de variação superior à observada nas habitações novas, 9,2 por cento e 5,7 por cento, respetivamente”, adianta.

Relativamente aos três meses anteriores, o índice de preços da habitação aumentou 1,0 por cento (2,3 por cento no segundo trimestre de 2018).

“As duas categorias de habitações registaram taxas de variação semelhantes, 1,1 por cento no caso das habitações novas e 0,9 por cento nas habitações existentes”, acrescenta.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir