Mundo

Posam em lingerie no meio da rua em protesto contra a Victoria’s Secret (com vídeo)

Sete mulheres, de diferentes tons de pele, tamanhos e com marcas no corpo, desfilaram em lingerie no meio das ruas de Londres, em Inglaterra, como protesto pela (falta de) diversidade no desfile anual da Victoria’s Secret.

A polémica em torno do desfile anual da marca de roupa interior Victoria’s Secret, depois das declarações de Ed Razek, deu origem a uma ‘protesto ousado’ nas ruas de Londres.

O criativo da marca afirmou não ter intenção de incluir modelos trangénero e ‘plus size’ no deslife, motivando inúmeras reações.

A destas sete mulheres, porém, tem dado que falar.

Com tons de pele e tamanhos diferentes – algumas delas sobreviventes a queimaduras e com deficiências visíveis – o grupo pousou em lingerie nas ruas de Londres, em frente a uma loja da marca americana.

Joanne Morales e Sylvia Mac foram as impulsionadoras. Morales é fundadora da ‘Nunude’, uma marca de roupa, fatos de banho e lingerie que promove a igualdade e inclusão.

“É importante inspirar cada mulher a se amar, porque elas se tornaram bonitas, únicas e de fato, assim como elas são. Isso é o que fazemos, espalhar confiança e amor próprio através de várias campanhas de moda”, afirmou.

A iniciativa atraiu vários espetadores que se mostraram solidários com a causa.

Veja o vídeo e, em baixo, algumas imagens partilhadas por Joanne Morales.


Mais partilhadas da semana

Subir